CARREIRA CATEGORIAS DICAS NOTÍCIAS OZI VLOG PRODUÇÃO

TRANSMISSÃO AO VIVO COM OBS STUDIO

4 de junho de 2020

author:

TRANSMISSÃO AO VIVO COM OBS STUDIO

Fala galera! Como você já deve ter percebido, nos últimos meses têm acontecido um boom de lives no YouTube. Shows, apresentações de teatro, aulas, entrevistas. Até mesmo grandes emissoras de TV têm colocado conteúdo em lives muitas vezes 24 horas no ar. Muito desses conteúdos, acredite, é transmitido através do OBS Studio, um software robusto e com uma interface bastante amigável para iniciantes neste assunto.

Aqui na OZI nós há algum tempo já trabalhamos com lives de videoaula bastante específicas para quem trabalha com video. E para colocar isso tudo em prática também utilizamos o OBS Studio. Portanto, neste post vamos dar algumas dicas em relação a estes pontos abaixo:

  • Como configurar o OBS Studio para uma transmissão ao vivo
  • Como fazer a organização das cenas
  • Que tipos de cuidados você precisa ter antes de começar a transmitir ao vivo.

Confira abaixo essa videoaula falando tudo sobre o OBS Studio e como fazer para criar uma transmissão ao vivo de forma simples e prática:

OBS STUDIO: OVERVIEW

Se você ainda não conhece o OBS Studio, este software vai lhe surpreender muito positivamente para fazer transmissões ao vivo. Com um universo gigante, gratuito e open source, basicamente este é um programa que faz o feed da transmissão ao vivo para os hosts como YouTube, Twitch, entre outros.

Além de gerar este sinal de transmissão, ele funciona também como uma mesa de corte digital, um switcher. Dessa forma, ele permite criar cenas, fazer um preview antes de colocá-las no ar e em seguida cortar de uma para outra.

Um outro ponto importante para entender o OBS Studio é que ele funciona com camadas, como no Photoshop, ou seja, uma cena que estiver por cima sempre se sobrepõe em relação às que estão embaixo.

A área de trabalho mostra o seu preview e a cena que será gravada ou transmitida para seu público, além de um controle simples de transições. Na parte inferior do software existem duas pequenas áreas com as coleções de cenas e as fontes, ou seja, onde você deverá inserir suas câmeras, artes, capturas de tela, entre outros.

Um pouco mais ao lado, o audiomixer permite que você ajuste os níveis de áudio, além de controlar efeitos e filtros exclusivos que acompanham o software. Já no canto inferior direito existem controles para começar a gravar ou transmitir ao vivo e, logo abaixo, alguns dados sobre uso da CPU e tempo de gravação.

Primeiros passos para fazer uma transmissão ao vivo no OBS Studio

Em primeiro lugar, é importante entender que, antes de pensar em iniciar a live, você precisa preparar tudo o que vai aparecer durante a sua transmissão. Se for uma aula, por exemplo, você pode separar um mapa mental como no caso das lives da OZI. Já para outros formatos, como lives de música podem entrar espaços comerciais, teasers, entre outros. É importante pensar bastante na estrutura da sua live antes de começar a transmissão.

Criando uma cena

Tendo isso tudo em mente, a primeira coisa que você deve fazer é criar a sua primeira cena e colocar como source (fonte) a sua câmera principal em “Video capture device” no menu. Configure as dimensões do vídeo de acordo com a resolução da sua câmera, mas lembre-se: caso você tenha mais de uma câmera, opte sempre pela menor resolução entre as duas, para não ter problemas com a qualidade de imagem.

Tudo o que você colocar dentro de uma cena, funcionará também por meio de camadas. Em outras palavras, elementos que estiverem nas camadas de cima vão sobrepor as camadas de baixo, exatamente como no Photoshop. Isso vale para qualquer elemento que você incluir dentro de cada cena, como artes, fotos, vídeos e texto, por exemplo.

Attila Iamarino, infectologista que tem se destacado por conta de seus reports completos sobre a Covid-19 no Brasil e no mundo, possui em seu canal diversas lives que provavelmente possuem três cenas principais: uma cena antes da live começar com um arte informando o horário e alguma outra informação relevante; uma segunda cena onde entra a câmera principal e todos os gráficos, prints de estudos e outros elementos; e, por fim, uma terceira cena com os créditos dos profissionais envolvidos na produção e demais informações.

Você pode usar este modelo de cenas da forma que preferir. Existem várias formas de criar e organizar seu conteúdo. Encontre a que melhor atende as suas necessidades e mãos à obra!

Deixe o pacote gráfico pronto

Como dissemos no começo, uma das coisas mais importantes ao usar o OBS Studio é pensar com antecedência em tudo o que será transmitido e isso inclui também as artes, GCs, textos e o que mais você tiver para apresentar durante as suas lives.

Por falar em textos, vale dizer que existe uma ferramenta exclusiva para isso dentro do OBS, mas essa não é uma tarefa recomendável. Isso pode acabar utilizando mais memória da sua máquina e demandar também maior processamento. Por isso é interessante criar as artes fora do software (no Photoshop, por exemplo) e depois importar para dentro do OBS.

Filtros

O OBS Studio trabalha ainda com alguns filtros de imagem. Isso quer dizer que você poderá fazer uma correção básica de cor na imagem que está sendo capturada com a sua câmera.

Existem controles para alterar brilho, contraste, tonalidade e saturação. Essa sem dúvida é uma excelente forma de imprimir mais personalidade às suas imagens.

Lembre-se também que, ao começar a transmissão online, as imagens acabam invariavelmente perdendo um pouco de cor, portanto talvez seja uma boa opção aumentar um pouco os níveis de saturação.

Capturas de tela

O OBS Studio permite que você compartilhe a tela do seu computador de diferentes formas. Com o recurso Display capture, você pode mostrar tudo o que está na sua tela, portanto é necessário tomar bastante cuidado. Já com o Window capture, você pode mostrar apenas alguma aba de navegador ou um programa específico que você esteja utilizando.

Menu principal e configurações

Para facilitar a sua vida, listamos algumas configurações que podem ser interessantes de mexer antes de começar a sua transmissão ao vivo. Este menu de configurações é separado por temas e vamos falar sobre cada parte logo abaixo:

GERAL

Na primeira aba “Geral”, existem poucas coisas que você precisa realmente alterar. Uma das principais é mudar o idioma, uma vez que a tradução para o português pode acabar complicando um pouco as coisas. É também nesta parte do menu que você pode escolher temas diferentes para a interface do software

Uma dica: deixe sempre selecionada a opção “automatically record when streaming”. Assim, quando você começa a transmitir você também grava o conteúdo para a sua máquina.

STREAM

Aqui existe uma lista com todos os serviços de streaming disponíveis como YouTube, Facebook, Twitch, Ramstream para instagram, entre outros. O software oferece uma chave de transmissão que deve ser colada na plataforma para transmitir ao vivo. Essa chave é o que vai conectar o OBS ao site que vai transmitir o seu conteúdo ao vivo.

OUTPUT

Nesta parte do menu, você poderá alterar as configurações de saída durante a transmissão e gravação. Existe uma série de possibilidades e dois modos: simple com configurações mais básicas; e advanced, com definições de buffer, controle da taxa de bits, formatos de gravação e muito mais.

AUDIO

Nas configurações de gravação de áudio, você deve usar o sample rate sempre a 48 kHz, uma taxa razoável e com qualidade para transmissões ao vivo. Uma dica para esta pate é deixar o microfone sempre em default, para que o software utilize o microfone que está configurado no seu sistema operacional.

VÍDEO

Em Vídeo, você poderá alterar a resolução, filtros de redução e valores de frame rate. Procure usar sempre 30fps, mas caso queira testar, você pode usar até 60fps.

HOTKEYS

As teclas de atalho ajudam a criar uma sintonia entre o seu teclado e a transmissão do seu conteúdo. Isso quer dizer que você poderá alterar de uma cena para outra utilizando botões físicos, transformando seu teclado em um switcher de vídeo.

ADVANCED

Por último, este menu avançado permite configurar estilos de cor, formatos de nome de arquivo e algumas opções de rede.

OBS Studio: iniciando a transmissão

O OBS Studio, como você viu acima, é um software muito completo e com características únicas, além de diversas possibilidades para trabalhar e configurar seu vídeo, áudio e pacote gráfico da melhor maneira possível.

Existe um mundo de possibilidades permitindo que você transmita inclusive conversas via Zoom, uma plataforma de chat online que têm ficado bastante conhecida neste período de quarentena.

Além disso, existe sempre a possibilidade de fazer lives com seu celular. Para isso, basta que você descubra uma maneira de transmitir a imagem capturada em tempo real pela câmera para o seu computador. Uma dica final neste sentido é o app IP Webcam, disponível para iOS e Android.

Espero que tenha gostado e não se esqueça de acompanhar o canal da OZI no YouTube para receber mais conteúdos interessantes para a sua carreira como videomaker.

Até mais, pessoal!

Deixe o seu comentário