CATEGORIAS DICAS EDIÇÃO NOTÍCIAS PRODUÇÃO

MELHORES APPS DE EDIÇÃO PARA ANDROID EM 2020

5 de maio de 2020

author:

MELHORES APPS DE EDIÇÃO PARA ANDROID EM 2020

Fala galera! Um dos maiores sonhos de todo videomaker é a capacidade de um dia poder editar vídeos remotamente com o menor hardware possível, ou seja, fazer uma edição pelo celular.

Quando o iPad foi apresentado às massas, muitos de nós pensamos que este cenário estava chegando. No entanto, a história nos ensinou que estávamos errados ou pelo menos esperamos o resultado positivo um pouco cedo demais.

Agora, aproximadamente dez anos depois, temos alguns tablets e telefones com poder de computação suficiente para lidar com a edição e muitos aplicativos de edição robustos surgiram no ecossistema Android. Entretanto, fica sempre uma dúvida:

Qual o melhor aplicativo para edição de vídeos no celular?

Justin Brown, da Primal Video , fez uma comparação entre os aplicativos Android mais usados ​​e tentou descobrir quais são os melhores apps para edição de vídeo. Assista abaixo (em inglês):

Assim como eu, você já deve ter pesquisado “editor de vídeo” na Google Play Store. Você também deve saber que existe dezenas de aplicativos diferentes. Eles são demais para uma comparação única (e útil!), Por isso vamos reduzi-los a uma lista curta com os melhores quatro apps:

  • Premiere Rush
  • InShot
  • Kinemaster
  • VLLO

Agora vamos conhecer melhor um por um.

Adobe Premiere Rush

O primeiro que vamos examinar é o Adobe Premiere Rush. Sim, esta é a versão mobile do renomado software de edição para desktop Premiere Pro e isso é bastante óbvio quando você vê todos os recursos ele inclui. O aplicativo é simples e intuitivo para usar, sendo extremamente útil para algumas tarefas.

É fácil alterar a proporção da imagem, como ir de 16: 9 para quadrado ou 9:16 e assim por diante. Isso quer dizer mais facilidade para configurar formatos de diferentes plataformas de mídias sociais.

Ele possui ótimos controles de áudio e, acima de tudo, é o único aplicativo realmente multiplataforma, o que significa que você pode iniciar sua edição em um tablet e depois ir para um desktop para finalizar a edição.

Esteja avisado, porém, o app não roda em todos os dispositivos. A lista completa pode ser encontrada no site da Adobe e, acima de tudo, falta um recurso importante: você não pode reverter a velocidade de um clipe, por exemplo.

Esse é um recurso estranho que falta para um aplicativo produzido por uma marca fundamental no setor. O aplicativo também não é gratuito, mas possui uma assinatura mensal de US$ 9,99 (cerca de R$50), a menos que você já pague a taxa mensal de toda a Creative Cloud ou Premiere Pro. Nesse caso, é gratuito.

Inshot

O Inshot é provavelmente o aplicativo mais simples de usar nesta lista. A interface é tão intuitiva que você começará a usar muito rapidamente. Ele não é tão poderoso quanto alguns de seus concorrentes e perde no gerenciamento avançado de keyframes ou áudio, ou mesmo a capacidade de empilhar mais camadas uma sobre a outra. Ao mesmo tempo, possui uma capacidade de re-enquadrar bastante similar ao Premiere Rush.

Contudo, este é um app quase gratuito, pois você pode desbloquear a exportação sem marca d’água apenas assistindo a um anúncio (para cada exportação) ou pagando uma taxa de US$1,99.

Existe ainda uma versão profissional que oferece muitos efeitos e filtros por até US$ 4,99/mês (cerca de R$ 25) ou US$ 42,99 (aproximadamente R$ 215) em um único pagamento único. Em suma, é um aplicativo decente e bastante simples, mas com muitas possibilidades para edição de vídeo no celular.

Kinemaster

O Kinemaster pretende ser o aplicativo de edição de vídeo mais completo do Android e está chegando lá. Ele contém muitos recursos, a maioria deles desconhecidos quando se trata de aplicativos dos concorrentes. Há redução de áudio e keyframes, por exemplo, mas tem muito mais. As predefinições de faixas múltiplas e de layout de vídeo são apenas algumas das funções que tornam a edição neste aplicativo tão rápida de aprender e agradável de usar.

É perfeito? Ainda não. Como um aplicativo de edição móvel, ele possui muitos recursos, mas existem duas desvantagens principais. O primeiro é a falta de uma ferramenta de re-enquadramento, uma obrigação em um aplicativo móvel moderno, e o segundo é a falta de opções de correção de cores. Em 2020, essa é uma funcionalidade altamente exigida.

VLLO

Finalmente, chegamos ao VLLO . É um aplicativo pequeno, porém bem poderoso. Assim como os outros rivais abordados neste post, ele possui uma interface simples e agradável, mas há alguns detalhes que o diferenciam, como a forma de onda de áudio, por exemplo.

Na faixa de vídeo, você verá uma forma de onda que pode ser muito útil ao editar uma entrevista ou qualquer outro projeto com muito diálogo. Há esperanças de que alguns recursos que já estão na versão iOS sejam lançados em breve, como o Picture in Picture, mas isso não significa que o aplicativo ainda não tenha impacto.

Considere que esse pequeno aplicativo possui Camadas de ajuste, um recurso que você normalmente encontra implementado em softwares de edição de desktop de última geração. É realmente incrível, especialmente se você acha que a versão completa custará apenas US$10 (cerca de R$50).

Edição de vídeo no celular: qual o melhor app?

Chegou a hora de escolher o vencedor. Segundo Justin, o Adobe Premiere Rush vence todos os outros por um fator difícil argumentar. Todos os editores para celular Android têm ótimos recursos, interfaces agradáveis e recursos bacanas para edição. Porém, o Rush é o único com a opção de ir do tablet para o desktop sem dificuldades.

Este certamente é um recurso fundamental que pode ajudar muito nas produções de vídeo. Então conta pra gente: como você edita no celular e quais softwares costuma usar? Você acha que existem aplicativos melhores? Manda pra gente!

Não se esqueça de acompanhar o canal da OZI no YouTube para receber mais conteúdos interessantes e especializados no universo do videomaker.

Até a próxima!

Deixe o seu comentário